A primavera está chegando daqui a 2 dias. A mãe natureza sai do seu estado de dormência, as árvores se desenvolvem e as plantas florescem. O vento predomina, segundo a teoria dos 5 elementos. No entanto, vivemos um período de mudanças climáticas que não condizem exatamente com aquilo que aprendemos a vida toda. Se você está no estado de São Paulo, especialmente em Ribeirão Preto, sabe que o tempo seco (juntamente com o calor) é quem está reinando no momento, trazendo efeitos indesejáveis a nossa saúde.

Gripe e resfriados saem de cena para dar lugar às doenças respiratórias consequentes ao ressecamento das mucosas. De acordo com os 5 elementos, a secura afeta o Pulmão (que também exerce influencia na pele). Como sintomas comuns temos: sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, boca e garganta secas, irritação dos olhos, além da tosse.

Dicas para sobreviver ao tempo seco:

 

  • Beba 2 litros de água/dia.
  • Lave as narinas e os olhos com soro fisiológico.
  • Umidifique o ambiente com vaporizadores ou toalhas molhadas.
  • Molhe os jardins.
  • Permaneça em locais protegidos do sol.
  • Hidrate a pele.
  • Evite ar-condicionado (exceto no carro, por conta da poluição).
  • Evite alimentos pesados, fritos e torrados. Acrescente, sem exageros, alimentos de natureza fresca ou neutra e que promovam umidade, como pêra, maçã, caqui, mel, melão e cogumelos.
  • Busque Acupuntura, é claro! Impossível não falar nisso quando se trata de alergias sazonais. O campo de atuação da Acupuntura é imenso, não se restringindo apenas à dor. Se você já notou que tem os mesmos problemas durante um mesmo período do ano ou sempre em um determinado clima, busque um profissional para avaliar qual desequilíbrio energético você tem e estimular o seu reestabelecimento.
Dicas para sobreviver a tempo seco

Fisioterapeuta acupunturista em Ribeirão Preto - SP. Apaixonada por Medicina Tradicional Chinesa, ela ama compartilhar sua paixão pelas abordagens naturais de cuidados com a saúde através dos seus textos online, em seu consultório no Alto da Boa Vista e na Ponte Para Luz - onde atende voluntariamente. Ligue para agendar uma consulta - (16) 99221-2676

Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *